follow us:

São quatro músicas com gostinho de saudade de tudo o que curte “um bom brasileiro”.

“… Fim de semana, faça chuva ou faça sol, fecha com os amigos no boteco ou no quintal, firma um pagode e, pra ficar legal, bebe uma cerveja, arma um churrasquinho…”

Que saudade a gente tá dessa vida simples e animada, né, não? Os versos são do samba “Um bom brasileiro”, que dá nome ao EP que Charlles André está lançando nas plataformas digitais, com mais outras três faixas. Com mais de 300 composições gravadas por diversos artistas de samba e pagode em mais de seis milhões de discos, o cantor e compositor, ex-integrante do grupo Os Morenos, joga nas redes seu quarto projeto em carreira solo.

Os quatro sambas do EP são de autoria do próprio Charlles André com vários parceiros. “Um bom brasileiro” é dele com Neném Chama e Gustavo Lins. Já “Cala a boca e me beija” é parceria dele com Leandro Laranja e Diego Carvalho. Enquanto “Corda pra imaginação” e “Bala sem papel” são da dupla Charlles André e Leandro FAB.

Charlles André é músico profissional: toca cavaquinho, banjo e violão; lê e escreve partitura musical; além de produzir e fazer arranjos. Participou por nove anos do Grupo Os Morenos, saindo em 2004 para se dedicar à carreira solo, voltando dez anos depois para a realização de alguns shows comemorativos aos 20 anos de grupo.

A primeira composição de Charlles André foi “Desilusão”, feita quando ele tinha apenas 14 anos. Hoje são centenas gravadas por diversos grupos de pagode, em mais de 6 milhões de álbuns. Afinal de contas, Charlles André é um dos mais requisitados compositores de grupos que pensam em fazer sucesso.

Entre suas composições gravadas por Os Morenos, estão “Mina de fé” e “Amor singular”. A assinatura de Charlles André está também em sucessos, como “Tanajura”, do Negritude Júnior; “Pela vida inteira”, do Kiloucura; “Coração deserto”, do Sorriso Maroto; “Amor e amizade” e “Desejo contido”, do Exaltasamba; “Linguagem dos olhos”, primeiro sucesso da carreira solo do cantor Péricles; “Nunca se diz nunca”, gravada por Maria Rita; “Camisa 10”, o maior sucesso da Turma do Pagode; e o samba-enredo da PORTELA no carnaval de 2015, “Sou carioca, sou de Madureira”.

E muitos outros artistas e grupos já gravaram músicas de Charlles André: Karametade, Arranco de Varsóvia, É o Tchan, Mumuzinho, Raça, Thiaguinho, Molejo, Sidney Magal e Pixote.

Como músico, Charlles André também já acompanhou muitos bambas, como Zeca Pagodinho, Sombrinha, Reynaldo, Leci Brandão, Arlindo Cruz, Jovelina Pérola Negra e Marquinhos Sathan.

O primeiro trabalho solo do cantor e compositor, lançado em 2005, foi o álbum gravado ao vivo “Charlles André canta seus sucessos”, com 14 faixas, sendo todas composições próprias, algumas compostas em parceria com nomes conhecidos do pagode nacional. O segundo, “Ao vivo em Salvador”, saiu em 2007; e o terceiro, “Cantador”, de 2016.

Em 2020, Charlles André volta ao mercado e lança o EP “Um bom brasileiro” nas plataformas digitais, com quatro canções autorais, com assuntos leves e diversificados, dando, assim, continuidade a sua trajetória
de bom sambista brasileiro.

UM BOM BRASILEIRO

(Charlles Andre/ Neném Chama/ Gustavo Lins)

BEBE UMA CERVEJA, ARMA UM CHURRASQUINHO.
LIBERA O STRESS, ESQUECE CORRERIA
AO SOM DA BATUCADA, BANJO E CAVAQUINHO
TRANSFORMA A TRISTEZA EM ALEGRIA

UM BOM BRASILEIRO
TIRA ONDA EM QUALQUER LUGAR
MALANDRO NATO SABE SE VIRAR
NESSA VIDA LOUCA, TODO DIA ENCARA UM LEÃO
VALENTE, GUERREIRO E NÃO DÁ MOLE NÃO
UM BOM BRASILEIRO
GOSTA DE SAMBA E FUTEBOL
FIM DE SEMANA FAÇA CHUVA OU FAÇA SOL
FECHA COM OS AMIGOS NO BOTECO
OU NO QUINTAL
FIRMA UM PAGODE E PRA FICAR LEGAL

BEBE UMA CERVEJA, ARMA UM CHURRASQUINHO.
LIBERA O STRESS, ESQUECE CORRERIA
AO SOM DA BATUCADA, BANJO E CAVAQUINHO
TRANSFORMA A TRISTEZA EM ALEGRIA

FICHA TÉCNICA

  1. UM BOM BRASILEIRO
    (Charlles Andre/ Neném Chama/ Gustavo Lins) Ed. Universal Music/
    Sony / Som Livre.
  2. CORDA PRA IMAGINAÇÃO
    (Charlles Andre/ Leandro FAB) Ed. Universal Music.
  3. BALA SEM PAPEL
    (Charlles Andre/ Leandro FAB) Ed. Universal Music.
  4. CALA A BOCA E ME BEIJA
    (Charlles Andre/ Leandro Laranja/ Diego Carvalho) Ed. Universal
    Music / Direto / Direto.